12.10.07
fantásticos espaços do círculo - hiperbórea (2)
Olhemo-nos de frente. Somos Hiperbóreos, e sabemos muito bem como vivemos distantes. "Nem por terra nem por mar encontrarás o caminho que conduz aos Hiperbóreos" - como já dizia Píndaro de nós. Para além do Norte, dos gelos, da morte - a nossa vida, a nossa felicidade... Descobrimos a felicidade, conhecemos o caminho que a ela conduz, encontramos a saída após milhares de anos de labirinto.

Friederich Nietzsche
in O Anticristo, 1888.

Hiperbórea (1)
 
posted by Eduardo Brito at 17:15 | Permalink |


0 Comments:


eXTReMe Tracker