19.5.07
o último vôo.
Felíx Rodriguez de la Fuente. Fotografia: © DR


No dia do seu quinquagésimo segundo aniversário, o naturalista Félix Rodríguez de la Fuente rodava no Alaska um documentário sobre a Iditarod, uma rota de mil e quinhentos quilómetros para trenós de cães. Antes de entrar no avião que o levaria para Nome, ponto final da rota, de la Fuente olhou a paisagem gelada e silenciosa durante alguns instantes.
Terá dito:
qué lugar más hermoso para morir.
Também se diz que nesse instante um corvo negro atravessou os céus dessa triste manhã do dia catorze de Março de mil novecentos e oitenta.
 
posted by Eduardo Brito at 18:12 | Permalink |
eXTReMe Tracker